O ano mal começou e seu(a) filho(a) já está com notas vermelhas e cheio de dificuldades na escola? Calma!

Estamos ainda no segundo bimestre, portanto, em tempo de reverter esse quatro, mas para isso, é preciso reorganizar e começar a fazer o “certo”. E o “certo” nem sempre significa “rachar de estudar”.

Esse ano é um ano ótimo para iniciar uma mudança de comportamento com os pequenos e com os nem tão pequenos. Estamos no ano da Copa do Mundo e o que só se fala são os jogos e o álbum de figurinhas, para os maiores esse assunto também ocorre, além de outros habituais como: a baladinha, o churrasco na casa de fulano, os aniversários de 15 anos e assim por diante…

Mantenha tudo isso e nem pense em diminuir horas de sono, pois o sono na fase da infância e na fase da adolescência é fundamental para o desenvolvimento e a disposição. Você pode estar pensando. Será? Pesquisas realizadas na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos apontam que o sono e o lazer são reparadores para um dia intensivo de estudo.

Mas o que fazer, então, para não chegar ao fim do ano naquele desespero ou acabar perdendo o ano?

Não tem segredo: elaborar um ótimo roteiro de atividades (como um calendário) e cumprir o planejamento.

Percebemos algumas atitudes que os nossos(as) filhos(as) repetem ano após ano. Uma delas é a falta de vontade de aprender, pois o desejo verdadeiro de estudar interfere decisivamente na concentração e consequentemente no aprendizado. Muitas vezes perguntamos para o nosso filho (a) “O que você fez na escola?”, ele nos responde “Ah! Não sei me deixa pensar”, corpo presente e cabeça… talvez na quantidade de figurinhas que ele(a) conseguiu trocar com os amigos.

Nosso cérebro é uma máquina perfeita, somente quando nós ligamos no que estamos fazendo que captamos adequadamente os estímulos externos, como por exemplo uma explicação de um determinado conteúdo dado pelo professor ou um texto lido ou escrito. Traduzindo: Só existe memorização quando estamos concentrados em uma determinada tarefa.

Você gosta de desafios? Então mãos à obra para colocar a vida escolar do seu filho no prumo!

1 – Organizar um horário para estudo

O horário de estudo deve estar dentro do planejamento do dia. Sempre que possível seguir uma rotina.

2 – Tabela de Horário Escolar

Cada dia escolha uma disciplina para estudar, o ideal é que seja revisto o conteúdo dado na classe.

3 – Duração de um plano de estudo

Depende do objetivo que deseja atingir. Para os menores o objetivo é a revisão dos conteúdos que serão abordados na prova. Para os maiores, se o objetivo é o vestibular a revisão dos conteúdos será em longo prazo, por isso separar apenas 1 hora por dia para o estudo não é suficiente.

4 – Dividir o tempo entre as disciplinas

Procure intercalar disciplinas que abordem assuntos diferentes e aquelas preferidas com as que não gosta, no caso dos adolescentes. Já com os pequenos uma disciplina por dia é satisfatória.

5 – Não acumule conteúdo

Se a criança ou o adolescente estudar todo dia, não haverá um acúmulo de conteúdos não assimilados.

6 – Dia de prova: Não é o dia de aprender

É o dia de revisar!! Ninguém consegue aprender na véspera de uma prova. Por isso, a importância de um planejamento de estudo. Caso, o aluno(a) não compreendeu um determinado conteúdo ele pode antes da prova retomar o conteúdo com o professor ou procurar uma ajuda com outro profissional, como frequentar aula de reforço.

7 – Os destaques

Estude com seu filho, ao ler um texto você deve incentivá-lo(a) a destacar os pontos principais com canetas coloridas (marcador de texto) ou até mesmo escrever lembretes ao lado do parágrafo. Isso facilita a compreensão e a memorização através de palavras chaves.

8 – Ajude o a interpretar

Enquanto estiver estudando com seu filho(a), relacione e compare as informações contidas no texto, com fatos ou assuntos já conhecidos.

9 – A reescrita

Principalmente para alunos com Transtorno de Déficit de Atenção (TDA) peça que a criança ou o adolescente reescreva o tema ou conteúdo, isso faz com ele memorize o que escreveu. Escreva um resumo do conteúdo.

10 – Retomada

Após realizar a leitura, a escrita e marcação de pontos importantes é a hora de pedir para que a criança ou o adolescente relatar o que compreendeu, explicar para você o conteúdo aprendido.

Não esqueça, os pais precisam ajudar seus filhos em sua vida escolar. As dificuldades de aprendizagem são facilmente contornadas se forem bem conduzidas pelos adultos. As crianças não têm discernimento para determinadas escolhas.

Importante:

Muitas crianças precisam de ajuda para passar por momentos difíceis em sua vida escolar, por isso, mesmo com o apoio da família e da escola é preciso de uma interferência de profissionais como psicólogos ou psicopedagogos.

Por Sandra Padula – Mestre em Educação, Arte e História da Cultura, Psicóloga, Pedagoga, Neuropsicopedagoga e Fundadora do Espaço Diálogos do Saber

Posts Relacionados

Dificuldades de aprendizagem e o reflexo no desempenho escolar OLHA EU AÍ!  VOCÊ JÁ OUVIU ESSA FRASE DO SEU FILHO? Todas as pessoas têm pontos fortes e pontos fracos na aprendizagem. Podemos ser muito bom em Hi...
Por que os meninos precisam brincar de casinha? Ainda hoje percebemos uma grande diferença na forma que meninos e meninas são educados. As meninas, quando pequenas, são incentivadas a brincar de ...
Como ajudar seu filho a se concentrar nos estudos Sabemos que a incapacidade de manter a atenção pode prejudicar a criança não só na escola, como em outras atividades durante a sua vida. Entenda como...
Como os pais podem contribuir na escola? Entenda como os pais podem contribuir com o desempenho dos estudos dos filhos na escola A relação entre os pais e a vida escolar dos filhos nem sempr...
Família e desempenho escolar: Qual a relação entre ambos? Você pai, mãe, avós, educador ou cuidador já parou para pensar que tudo que a criança vivencia em casa pode ter uma relação com o desempenho escolar? ...
Meu filho tem dificuldade para aprender. Quem devo procurar? Meu filho está com dificuldade de aprender. E agora? Quem devo procurar? Se o seu filho tem problemas em acompanhar as lições da escola e você acha q...
Psicopedagogia: O que faz um psicopedagogo? A psicopedagogia é uma área ampla e que vem crescendo cada vez mais nos últimos anos, mas existem pessoas que ainda não sabem exatamente o que faz um ...
Como o acompanhamento escolar melhora o desempenho na escola? Acompanhamento escolar como ajuda para melhorar o desempenho dos alunos na escola Sabemos que cada criança possui o seu ritmo quando o assunto é a ap...
Avaliação psicopedagógica: é realmente necessário fazer? Muitas vezes a família desconhecendo as necessidades da criança e a maneira de como lidar com alguns aspectos das dificuldades de aprendizagem, necess...
Psicopedagogia… Afinal do que se trata? Psicopedagia: Entenda o que é, como surgiu e sua importância   Origem da psicopedagogia A Psicopedagogia nasceu da necessidade de buscar soluç...
Share This